Técnico de Desenho de Mobiliário

Apresentação

O Curso de Técnico de Desenho de Mobiliário prepara técnicos qualificados, criativos e inovadores capazes de dar resposta aos desafios constantes do mercado de trabalho. Integrado em equipa ou de forma autónoma.

O Técnico/a de Desenho de Mobiliário elabora desenhos técnicos de mobiliário, produtos ou equipamentos a partir de protótipos e/ou desenhos socorrendo-se de um conjunto de ferramentas e/ou sistemas informáticos que garantam a exequibilidade técnica da construção da peça.

Perfil Terminal do Curso

  • Dominar as técnicas de desenho técnico, desenho de representação e métodos de programação e execução da peça de mobiliário​;​
  • Utilizar e transportar dados técnicos para sistemas de desenho assistido por computador;
  • Elaborar dossiers técnicos dos produtos concebidos;
  • Conhecer e saber aplicar as diferentes matérias-primas de acordo com o produto a conceber;
  • Trabalhar em equipa estabelecendo relações técnicas com áreas adjacentes;

Atividades principais a desempenhar por este técnico

  • Analisar desenhos globais, peças modelo e outras especificações técnicas dos artigos a fabricar, com vista a determinar as características geométricas das peças constituintes do mobiliário e outros artigos em madeira​;
  • Executar e adaptar desenhos técnicos e elaborar o plano de montagem de artigos em madeira;
  • Desenhar as diversas peças constituintes do produto final de acordo com as dimensões e formas estabelecidas, utilizando programas informáticos adequados;
  • Elaborar o plano de montagem dos artigos a fabricar, identificando as respetivas peças constituintes, os acessórios e o seu modo de encaixe, de forma a constituir o produto final​;​
  • Verificar a conformidade do protótipo com o produto pretendido, acompanhando a sua fabricação nas fases de execução e montagem e propondo eventuais alterações, sempre que o produto não obedeça aos requisitos de qualidade​;​

(Ver página das atividades dos alunos em: http://tdm-easr.blogspot.pt/)

Destinatários e Condições de Acesso

  • Jovens que tenham terminado o 9º ano de escolaridade ou equivalente.
  • Idade máxima de 20 anos.

A seleção de candidatos é feita através de entrevista efetuada a todos os candidatos e da análise do percurso académico do aluno, segundo os critérios de acesso a outros cursos da escola.

Habilitações Finais/Certificação

Estes jovens estarão aptos a ser integrados num gabinete técnico, onde realizaram desenhos técnicos para a produção de peças de mobiliário utilizando diversificadas ferramentas informáticas.

Ao aluno é atribuído ou reconhecido:

  • Diploma de qualificação profissional de nível IV da UE, reconhecido em todos os estados membros;
  • Equivalência ao 12º ano de escolaridade;
  • Condições de candidatura ao ensino superior iguais às dos alunos diplomados pelas escolas secundárias.

Saídas profissionais:

  • Pequenas, médias e grandes empresas de mobiliário
  • Gabinetes de Design
  • Possibilidade de trabalhar por conta própria

Plano Curricular

Componente de Formação sociocultural

 

Português

320 h

Língua Estrangeira I, II ou III

220 h

Área de Integração

220 h

Tecnologias de Informação e Comunicação

100 h

Educação Física

140 h

Total

1000 h

Componente de Formação científica

 

História e Cultura das Artes

200h

Físico-Química

200h

Matemática (10º e 11º anos)

100 h

Total

500 h

Componente de Formação técnica

 

Materiais e Tecnologias

230h

Desenho

192h

Design e Projeto de Mobiliário

608h

Organização e Orçamentação

70h

Total

1100 h

Formação em Contexto de Trabalho

602h

Total Geral

3100 h

A carga horária global é dividida pelos três anos do ciclo de formação, a gerir pela escola, de acordo com o estabelecido na Portaria nº 550-C/2004, de 21 de Maio, e demais regulamentação aplicável.

A Metodologia de Prática em Contexto de Trabalho (PCT) baseia-se essencialmente na experiência das entidades que lhe estão relacionadas, em atividades de PCT (estágio) e integração profissional.